A escolha pela medida do amor ou egoísmo


Uma coisa que aprendi na pele esse final de semana é que o amor tem muito a ver com o repartir. Claro, amor não é um monopólio de alguma pessoa ou até mesmo de alguma coisa, o nome disso é egoísmo! 

O egoísmo nos torna extremamente contrários a tudo aquilo que Deus deseja que sejamos. O egoísmo nos faz reter, ou pelo menos tentar reter, tudo o que temos. Nos faz esquecer que tudo o que temos é de Deus, para Deus e por Deus. 

O amar é repartir. É dar daquilo que você tem de melhor na sua vida para os outros, é você amar tanto que quer que os outros também conheçam aquilo que te faz tão bem. 

Deus já demonstrou que amar é repartir! Entregou seu único filho para nos salvar, libertar e curar! Foi um preço pago por Jesus, o Filho a quem Deus tanto ama! Mas, que mesmo assim, resolveu compartilhar conosco para que, aceitando-o, pudéssemos fazer parte de sua glória mesmo sem merecer!

Por isso, eu digo que amar é repartir e egoísmo é reter!

Mesmo assim, muitas vezes, quando "amamos" tanto algo, ao invés de repartir, nós retemos! A Bíblia fala que o verdadeiro amor não arde em ciúmes (1 Coríntios 13:4), ou seja não fica preocupado em "repartir", e que esse amor verdadeiro é o elo perfeito que une todas as coisas (Colossenses 3:14). 

Esse elo perfeito é Jesus que nos une ao amor verdadeiro: Deus. 

Não temos como aprender a amar verdadeiramente sem entender isso. Se continuarmos sem entender vamos continuar presos ao amor egoísta, que não compartilha nada com ninguém, que arde em ciúmes, que não perdoa, que não vive e que na realidade não ama! 

O verdadeiro amor é generoso e multiplicador. Não gera ódio nem intrigas. É paciente e bondoso. 
O verdadeiro amor se doa e se preciso for deixa suas vontades de lado para cumprir um propósito maior de amar quem realmente tem que ser amado e honrado. 

"Há quem dê generosamente, e vê aumentar suas riquezas; outros retêm o que deveriam dar e caem na pobreza" - Provérbios 11:24

"Não julguem e vocês não serão julgados. Não condenem e não serão condenados. Perdoem e serão perdoados. Deem e será dado a vocês: uma boa medida, calcada, sacudida e transbordante será dada a vocês. Pois a medida que usarem também será usada para medir vocês" - Lucas 6:37-38


A medida com que damos é a mesma medida com que recebemos. 
Qual tem sido sua medida?!

10 comentários:

  1. Oi Aninha!

    Ótimo texto como sempre. Ainda mais sobre o amor, que é tão complexo de lidar, assim como com a família, por mais diferentes que as pessoas sejam.
    O amor foi feito para ser compartilhado com todos. Não é à toa que temos que amar ao próximo.

    Abraços!| Saphy | Facebook

    ResponderExcluir
  2. Li os versículos de Lucas 6.37-38 hoje e eu refleti neles por um bom tempo... que bom encontrá-los aqui novamente! E que nós sejamos dominados pelo amor (Ef 5.1) <3

    http://blogquebrandobarreiras.com/

    ResponderExcluir
  3. Nossa, amei muito o texto! Você escreve muito bem sabia? Ta de parabéns ❤ Eu sou suspeita para falar de amor, visto que pra mim, é uma coisa tão complexa,mesmo sendo simples.
    Beijos! ❤

    http://tempestarei.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aai que bom!!! *--* Que linda! rs Muito obrigada! rs
      Verdade, é complexo mas ao mesmo tempo simples rs

      bjoos

      Excluir
  4. Amei o post! Realmente amar vai muito além do conceito e da palavra, há pessoas que acham que amam, mas infelizmente não conhecem nem a metade de seu real significado. Parabéns!

    http://majestadesanta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. ah que lindo Aninha, estão confundindo amor com qualquer outras coisas por ai, o que é triste :/
    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir